Psicologia

Como administrar brigas entre crianças?

Você provavelmente já experimentou discussões, brigas e rivalidades entre seus filhos, se tiver mais de um. Mesmo o melhor e mais caloroso relacionamento entre irmãos pode resultar em brigas e rivalidades. Brigas entre crianças são inevitáveis, e você só precisa aprender a lidar com isso.

Por que brigas entre crianças devem ser controladas?

brigas entre crianças são perfeitamente normais em todas as famílias. Isso pode levar a uma profunda animosidade e ressentimento e perturbar a paz da casa se as disputas aumentarem demais. Para que o relacionamento dos filhos esfrie, vocês, como pais, devem dar um passo à frente e resolver o problema.

Relacionamentos calorosos e amigáveis ​​entre irmãos ajudam as crianças a lidar com vários problemas fora de casa. Em casa, as crianças aprendem a lidar com as diferenças e a resolvê-las.

As crianças que aprendem a aceitar as diferenças umas das outras e a resolver melhor seus problemas formarão relações mais afetuosas e íntimas entre elas, e a família se tornará um lugar seguro e tranquilo para todos os membros da família.

Como dizer não ao seu filho?

Para administrar esta situação, você deve primeiro identificar as causas das disputas e competições. Cada discrepância pode ser causada por um fator diferente. Quem arruma a sala ou assiste a um filme na televisão, por exemplo. No entanto, a raiz dessas diferenças pode ser mais significativa.

Às vezes, o principal problema pode ser diferenças de personalidade. Pode haver um sentimento de competição não resolvida entre as crianças. A criança pode sentir que a mãe ou o pai estão mais preocupados com o irmão. Uma criança mais velha pode ficar ressentida porque acredita que não pode fazer muito por ser mais nova ou ter mais autoridade em casa. Outro irmão pode desejar um ambiente doméstico mais silencioso. O outro pode gostar de atividades barulhentas e aventuras.

Como lidar com as diferenças entre as crianças?

Não importa qual seja a causa da luta. Como pais, devemos fazer o possível para estabelecer um bom relacionamento entre nossos filhos e garantir que essas disputas não prejudiquem suas relações familiares. Use os métodos a seguir para controlar seus filhos se você for pai de vários filhos.

Como administrar brigas entre crianças?

 

1. Eduque as crianças

Você precisa ensinar seus filhos a lidar com essas discussões de forma positiva. Ensine-os a resolver disputas de forma construtiva. Se ouvirem as opiniões de seus irmãos e se abstiverem de comportamentos errados, como obscenidades, terão uma estrutura mental melhor para resolver disputas e superar conflitos.

Além de prevenir e resolver disputas entre irmãos, as crianças que aprendem essa habilidade têm mais condições de negociar e se comprometer em relacionamentos futuros, seja em casa ou no trabalho. À medida que as crianças aprendem a resolver desentendimentos com os irmãos, elas se tornam adultos melhores em administrar relacionamentos com outras pessoas e resolver disputas.

2. Mostre a importância dos relacionamentos entre irmãos

É importante para você, como pai, lembrar a seus filhos como é importante ter um relacionamento familiar caloroso. Ensine seus filhos a ver sua família como uma equipe. Para uma equipe ter sucesso, todos os seus membros, incluindo pais e filhos, devem trabalhar juntos, ter um ambiente calmo e amar uns aos outros. Disputas ou brigas entre membros da equipe podem afetar negativamente toda a família.

3. Interferência

Pode ser melhor para os pais deixar seus filhos lidarem com seus problemas e discussões. Há alguma verdade nisso. Desde que as crianças tenham as ferramentas para resolver os conflitos de forma construtiva, positiva e pacífica. No caso de agravamento da disputa ou briga verbal ou física, os pais devem agir imediatamente.

Mesmo que você não estivesse presente durante a discussão, reserve um tempo para contar o que aconteceu e deixar claro que qualquer forma de agressão não é aceitável em casa.

4. Ouça os dois lados da disputa

Sempre há dois lados em qualquer disputa familiar, e você deve ouvir as palavras de ambos os lados e olhar para a questão de ambos os lados. Certifique-se de que cada criança sinta que sua profissão é feita sem julgamento. As crianças geralmente se sentem melhor depois de discutir seus problemas com os pais, especialmente quando sentem que podem expressar seus sentimentos e receber um tratamento justo.

Defina regras para disputas familiares.

Em disputas familiares, obscenidade, violência verbal ou física não são aceitáveis. As crianças devem ser ensinadas a não infringir a lei em nenhuma circunstância e a tratar os outros como gostariam de ser tratados.

6. Enraizando o problema

Peça às crianças que exponham seu problema principal de forma clara e precisa. Faça-os identificar o que os deixou com raiva e chateados. Será muito mais fácil para você resolver o problema quando as crianças encontrarem e relatarem o problema principal, em vez de focar no comportamento do irmão. Suponha que um de seus filhos esteja incomodando você por escolher um jogo conjunto e queira que esse jogo seja dele.

Se o irmão dele pedir para você considerar o jogo legal em vez de criticar o comportamento, o problema será facilmente resolvido. Você pode forçá-los a se revezar para decidir o que jogar e assumir o controle da diversão.

7. Solicite uma proposta em nome das próprias crianças

Você pode pedir às próprias crianças uma solução neste caso. Incentive-os a encontrar uma solução que seja justa e satisfatória para ambas as partes. Peça-lhes que se imaginem no lugar da outra pessoa e façam uma proposta com base em suas circunstâncias.

8. Ser um exemplo para as crianças

As crianças precisam ver você modelar comportamentos e habilidades de resolução de problemas. As crianças veem e aprendem com seus pais. Discuta essas habilidades e o comportamento correto com seu cônjuge e encontre o caminho certo. A maneira como você se comporta com seu cônjuge, pais e filhos também afeta a maneira como seus filhos se comportam.

As crianças aprenderão esse comportamento com você se você respeitar os outros ao discutir e brigar. As habilidades de resolução de problemas e gerenciamento de discussões são aprendidas ao vê-las e aplicá-las na infância e na idade adulta.

Hábitos em casa para fortalecer o relacionamento entre as crianças e seus pais

As famílias desempenham um papel importante no fortalecimento das relações entre irmãos e na redução de rivalidades e brigas entre irmãos. Fazer atividades que incentivem as crianças a cooperar e participar as ajudará a aprender a ser construtivas e a resolver suas diferenças de maneira construtiva, em vez de argumentar.

Não importa o quão diferentes seus filhos são de seus irmãos em termos de comportamento e personalidade. Você pode usar as dicas a seguir para aquecer seu relacionamento com seus filhos como pai ou mãe.

 

1. Não compare crianças

Não compare seus filhos uns com os outros. Nunca diga a seus filhos: “Por que você não nos ouve como seu irmão?” Por que você não ajuda nas tarefas domésticas como sua irmã?

Evitar comparações entre irmãos é um dos hábitos mais importantes que promove relacionamentos calorosos entre irmãos e reduz a competição e a animosidade entre eles.

 

2. Identifique a causa raiz da discrepância

Se seus filhos brigam muito, o comportamento deles provavelmente tem um motivo mais profundo do que o motivo aparente da briga. Um deles pode estar tentando obter mais atenção de você. Talvez briguem mais quando estão cansados ​​e entediados.

Resolver os principais problemas que levam à tensão entre as crianças pode reduzir os conflitos entre elas. Tente dar a seus filhos a mesma quantidade de tempo separadamente para que eles não tenham que brigar por atenção.

 

3. Aceite as diferenças

Ensine seus filhos a aceitar as diferenças entre eles. Como pai, você também deve aceitar as diferenças entre os filhos. Quando as crianças têm interesses diferentes, como uma gosta de ler em silêncio enquanto a outra gosta de atividades movimentadas e animadas, há uma diferença maior entre elas.

Então você deve ensinar seus filhos a respeitar essas diferenças e reconhecer que apenas uma coisa é mais importante. Amar uns aos outros na família.

Ensine seus filhos a encontrar soluções juntos ou a se revezar para se divertir em família quando eles discordam.

 

4. Forçar a cooperar

Incentive as crianças a participarem das atividades diárias. Trabalhar em grupo para atingir um objetivo é uma das formas mais eficazes de fortalecer a empatia nas crianças. Por exemplo, recompense-os por limparem seus quartos juntos.

Desenvolva um projeto para fazer isso. Eles podem limpar seus quartos, jardins e quintais ou fazer qualquer coisa que se adapte às suas habilidades e idade. Trabalhar juntos subconscientemente os força a atingir o objetivo.

 

5. Melhore as habilidades de escuta

Ao aprender habilidades de escuta, eles também aprendem outras habilidades. Veja o mundo da perspectiva da outra pessoa, colocando-se no lugar dela. Peça primeiro a opinião de seus filhos e pense com calma quando houver desacordo.

 

6. Ensine a importância do respeito

Mostre aos seus filhos a importância do respeito entre os membros da família. Respeito envolve ouvir os outros. Melhora o respeito em qualquer relacionamento, seja entre filhos de uma família ou entre pais e amigos.

Como administrar brigas entre crianças?

7. Não desrespeite a oposição

oposição, mesmo quando as pessoas se amam. Este é um fato inegável na vida. No entanto, a maneira como lidamos com essas diferenças é importante. Seus filhos devem ser ensinados que nem sempre concordam uns com os outros, mas nunca devem desrespeitar uns aos outros ou permitir que conflitos afetem suas interações positivas. Eles também devem evitar a violência física.

8. Concentre-se nas relações familiares.

Você deve explicar a seus filhos e lembrá-los regularmente que as famílias, especialmente os irmãos, têm amor e apoio inabaláveis ​​que não podem ser facilmente substituídos.

Seus filhos agora podem preferir passar mais tempo com os amigos do que com os irmãos, mas à medida que crescem, eles se tornam mais dependentes uns dos outros.

Embora eles ainda não compreendam totalmente a importância dos relacionamentos entre irmãos, esta é uma mensagem que vale a pena repetir e que acabará se tornando aparente à medida que envelhecemos.

 

9. Reserve um tempo para se divertir

A recreação é uma boa maneira de fortalecer os relacionamentos entre os membros da família. Além da diversão e entretenimento que todos têm com amigos e colegas, reserve um tempo para passarem juntos. Você pode fortalecer os relacionamentos de seus filhos durante esses momentos e esclarecer a importância da família para eles estando juntos.

As famílias não estão imunes a diferenças entre crianças e brigas entre crianças. Tudo o que você precisa saber sobre as brigas das crianças é encontrar maneiras de administrá-las para que não piorem e se aprofundem. Trabalhando juntos, criando empatia, aconselhando e enfatizando a importância do respeito na família, crie um ambiente caloroso e relaxante para que as crianças aprendam habilidades de resolução de problemas para uma vida melhor.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

For security, use of Google's reCAPTCHA service is required which is subject to the Google Privacy Policy and Terms of Use.

I agree to these terms.